Calendrag

O Calendário Drag é produzido anualmente e objetiva dar visibilidade à arte drag, bem como tornar a arte drag atuante em questões políticas e sociais relevantes. O processo de produção do Calendário é realizado em diversas etapas, que vão desde a escolha das drags, passando por processos de formação sobre a temática escolhida, seção de fotografias, até o lançamento. Uma ação que envolve trabalho solidário e voluntário de todos envolvidos: fotógrafos, drag queens, produção e equipe Distrito Drag.

Bloco das Montadas

Montada – o bloco da diversidade é uma troça carnavalesca protagonizada por artistas transformistas, e tem como foliões centrais dessa alegria a comunidade LGBTI. O carnaval é a maior manifestação popular do país, e nele é tempo de brincar, de se divertir, e também momento de afirmar o nosso orgulho. Chamar a sociedade à reflexão em torno do respeito à diversidade. 

O Bloco das Montadas saiu a primeira vez no dia 11 de fevereiro de 2018, no Setor Bancário Norte – SBN, Brasília-DF, com 15 mil foliões. 

Formação

Nossos processos de formação consiste em encontros, seminários, rodas de conversas, oficinas, dentre outras iniciativas, sobre temas históricos e contemporâneos. Das iniciativas destacam-se: oficina sobre arte drag e conexão drag. 

Fundo de Apoio Emergencial

O Fundo de Apoio Emergencial à artistas LGBTI+ surgiu no contexto da pandemia objetivando o apoio financeiro as artistas independentes. Tendo em vista a experiência positiva decidimos em torná-lo permanente, onde qualquer pessoa física e/ou jurídica podem fazer doação e a arrecadação será destinada para apoiar pessoas LGBTI+ que estão em situação de vulnerabilidade social. 

Fest Drag

O Festival Nacional de Arte Transformista é um evento artístico-cultural que busca fortalecer a arte transformista nas suas mais diversas expressões e identidades artísticas. O Fest Drag tem os seguintes eixos artístico-culturais: Mostra Competitiva, Shows musicais de artistas locais e nacionais, Talk-Show Vera Verão e Mostra audiovisual Cine Queer Madame Satã. 

Prêmio Jorge Lafond de Arte e Cultura LGBTI+

O Prêmio JORGE LAFOND de Arte e Cultura LGBTI+ é uma iniciativa que visa conceder  título de reconhecimento às pessoas e/ou organizações da sociedade civil que tenham se destacado pela qualidade e relevância de trabalho prestado à comunidade LGBTI, em especial no tocante a cena cultural do Distrito Federal e em âmbito nacional.